Teste de QI

Bem-vindo ao Teste de QI.

O Teste de QI pode ser utilizado por muitas razões. Ele permite situar o seu nível de capacidade para aprender, entender, formar conceitos, processar informações, aplicar a lógica e a razão, em comparação com a população. Ele é indicativo e pode representar uma influência sobre características não comuns que podem ser encontradas na sociedade, sejam elas relacionais, tais como isolamento, rejeição ou distanciamento, ou intelectuais, como facilidades ou dificuldades encontradas em atividades intelectuais. De outra forma, pode explicar também êxitos alcançados de maneiras mais fáceis que outras pelos indivíduos.

Antes de iniciar o Teste, certifique-se de estar em um espaço onde você possa se concentrar. Seu resultado no final deste Teste indicará seu QI e sua posição em relação à população por meio de várias estatísticas.

Você concorda com o resultado? Por favor, compartilhe o link para este teste com os amigos para comparar os resultados!


O que é QI (Quociente de inteligência)? O que é inteligência?

Na ciência, o termo “inteligência” comumente se refere ao que poderíamos chamar de inteligência acadêmica ou cognitiva. Em linguagem comum, pode-se dizer que inteligência se refere a quão esperto ou engenhoso você é.

Teste de QI

QI é um acrônimo para Quociente de Inteligência. Então, o que é QI? O QI é uma medida da sua inteligência e é expresso em um número.

O QI de uma pessoa pode ser calculado com a realização de um teste de inteligência. O QI médio é 100. Se você obtém uma pontuação maior que 100, é mais esperto que a pessoa média e uma pontuação mais baixa significa que você é (um pouco) menos inteligente.

Os primeiros testes

As escalas projetadas por Binet e Simon foram os primeiros testes inteligentes que foram amplamente aceitos no início do século XX.

Os testes do exército Alpha e Beta, que foram usados na Primeira Guerra Mundial para avaliar o pessoal militar, tornaram-se muito populares.

Nos últimos anos, as escalas de Wechsler são os instrumentos mais utilizados no campo da psicologia para medir a inteligência. O criador desses testes, Wechsler, publicou sua primeira escala na década de 1930.

Ele usou material dos testes Binet Alpha e Beta para fazer seu teste. Uma característica importante de seu teste foi que, ao calcular o QI, esse teste levou em consideração a idade. Em outras palavras, no cálculo do QI, uma correção de idade ocorre. Devido a esse recurso, o QI permanece constante ao longo da vida útil.

Escores médios de QI

Teste de QI

A medição da inteligência tem sido um tema quente em psicologia e educação — e controverso.

Os testes de inteligência são um dos tipos mais populares de testes psicológicos em uso atualmente. Desde o surgimento dos primeiros testes de QI, tentativas de classificação de QI se seguiram.

Para entender o que é um escore médio de QI e o que isso significa, é essencial primeiro entender como o QI é medido.

Embora diferentes editores de testes utilizem sistemas de pontuação diferentes, para muitos testes modernos de QI, a pontuação média (ou média) é definida em 100 com um desvio padrão de 15, para que as pontuações estejam em conformidade com uma curva de distribuição normal.

Em muitos testes, uma pontuação de 100 é considerada o QI médio. 68% das pontuações estão dentro de um desvio padrão da média (ou seja, entre 85 e 115). Isso significa que quase 70% de todas as pessoas pontuam dentro de mais ou menos 15 pontos da pontuação média.

95% das pontuações estão dentro de dois desvios padrão (entre 70 e 130). Os valores extremos além desses pontos representam apenas uma pequena parcela da população, o que significa que apenas uma pequena porcentagem de pessoas tem um QI muito baixo (abaixo de 70) ou um QI muito alto (acima de 130).

Pontuações abaixo de 70 podem representar a presença de algum tipo de deficiência no desenvolvimento ou na aprendizagem, enquanto pontuações acima de 130 podem indicar superdotação.

Considerações Finais

Teste de QI

Embora o QI possa prever coisas como o sucesso acadêmico, os especialistas advertem que não é necessariamente uma garantia de sucesso na vida. Às vezes, pessoas com QI muito alto não se saem tão bem na vida, enquanto aquelas com QI médio podem prosperar.

Não se estresse se você não é um «gênio» — a grande maioria das pessoas também não é um gênio. Em vez disso, a maioria das pessoas está em um intervalo de 15 pontos da pontuação média de QI.

Assim como ter um QI alto não garante sucesso, ter um QI médio ou baixo não significa falha ou mediocridade. Outros fatores como resiliência, perseverança, trabalho duro e atitude geral são fatores importantes nesse quebra-cabeça.

Adblock
detector